Urucuzeiro

Na estrada favorita entre aqui e aí Onde os montões de areia se encontram pra dividir tiquira e camarão seco com limão e pimenta... As bocas do urucu jorram vermelho e pó de enfeitar terra de chão batido. Ah, como o Maranhão é bonito... Olhei o pé de corante lá no canto, Barriga com borboletinhas... … Continue lendo Urucuzeiro

A ‘barrigudeira’ genial: o invisível que nos excita e outras paisagens

Minha mãe e minha vó "O que havia além do bairro, além de seu perímetro mais que conhecido?" Eu sou filha única e isso já explica muito. Entrei na escola - a uma quadra da minha casa - com dois anos de idade e fique lá até os dezessete. A padaria, a farmácia, a biblioteca, … Continue lendo A ‘barrigudeira’ genial: o invisível que nos excita e outras paisagens

O nascimento de Vênus: a ostra que somos bebe uma chávena de chá (Toca Moska de fundo)

Eu queria que vocês vissem a minha chávena de chá. Ela não foi escolhida, mas me escolheu. Não sei definir muito bem de que material é feita , mas tem uma alça de bambu e pode se estilhaçar caso você seja um artista temperamental desses que quebra coisas numa cena de filme noir. Ao lado … Continue lendo O nascimento de Vênus: a ostra que somos bebe uma chávena de chá (Toca Moska de fundo)