Sem categoria

Barroca: eu sempre soube ser todas as metades/ inteira no domingo

IMG_20180520_142203_373

/Poesia da Foto @clarabacca/

Domingo é dia de se encontrar

Nos textos
Nas tintas
Na playlist
No quarto com poesias coladas na parede
No café
Na geladeira vazia
Domingo é metade ócio, metade colocar os trabalhos em dia
Metade sonhar com o café no Reviver
Metade viver qualquer dura poesia
Qualquer coisa dentro doida
E
Ser bruta flor
Ou dançar feito Odara

4 comentários em “Barroca: eu sempre soube ser todas as metades/ inteira no domingo

  1. Me faz lembrar de um trecho da Música do Teatro Magico:

    Metade de mim
    Agora é assim
    De um lado a poesia, o verbo, a saudade
    Do outro a luta, a força e a coragem pra chegar no fim
    E o fim é belo, incerto, depende de como você vê
    O novo, o credo, a fé que você deposita em você e só

    Sua poesia é um doce ❤

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s