Sem categoria

“This is How it works”

“É assim que funciona…”

E é assim que começa “On the radio”, a primeira faixa do álbum Begin to Hope da Regina Spektor lançado em 2006. Essa música sempre aparece em todas as minhas playlists pra vida. Antes do advento do Spotify, um jeito de a gente tocar nossa trilha sonora atrás de nós (dentro de nós), eu sempre dava um jeito de ter Regina Spektor por perto. Eu a conheci no filme “500 dias com ela ” (Us e Hero estavam no filme…vale a pena buscar também no Spotify ou no YouTube). É que eu vejo filmes de olhos e ouvidos espertos e abertos pra trilha sonora. E foi assim que me interrompeu a voz despretensiosa da Regina, que parece quando a gente acorda de manhã e não penteia o cabelo, não escova os dentes…quando não tem nada ensaiado na vida…com os instrumentos protagonistas, as letras que lembram nossos sonhos ou um quadro de Dalí. Regina Spektor traduzia toda a vontade que eu tinha de não ter que falar de coisas sérias o tempo todo, de desprecisar da burocracia. Mas mesmo que um dia se fale da vida e seu curso, porque deveríamos consultar o dicionário, citar Foucault e Nietzsche? (Regina Spektor canta o anti-folk, mas isso é papo pra outro post).

Em On the Radio se vai direto ao ponto: Como as coisas acontecem?

Daí surgem os paradoxos: Sim, vamos direto ao ponto, mas do jeito como tudo acontece. E e a vida quase nunca vai direto ao ponto. Por isso a canção inicia com uma cena no mínimo curiosa: dirigimos nosso carro funerário por entre pessoas que gritam. Rimos da tempestade. Quando buscamos por “palavras que ajudem a descrever a nossa decadência “, elas não estavam lá, mas sim em “suas catacumbas”.

Parece estranho. Lembra os quadros surrealistas e até mesmo os filmes do Tim Burton. Ou você pode pensar que tudo não passa de um chá muito louco com o chapeleiro de Alice no País das maravilhas. Mas é assim que funciona! A vida não é uma gramática impecável, acentos e pontuações nos devidos lugares!

A canção continua:

“Você é jovem até não ser mais

Você ama até não amar mais

Você tenta até não poder mais.

Você rir até chorar

Você chora até rir

E todo mundo deve respirar

Até o último suspiro”

EFEMERIDADE, é disso que trata a canção. Das mudanças que acontecem segundo a segundo. De como somos interrompidos a todo momento. E quando nos damos conta dessa verdade, sem precisar recorrer a nenhum pensador famoso, sem ter que buscar as regras que prescrevem como citar um “estudioso” ( somos nós sozinhos… nós, os únicos capazes de pensar nossa existência)…quando isso acontece, pode ser que tudo surja de repente no meio de uma canção:

“E no rádio

Nós escutamos November Rain

O solo é realmente longo

Mas é uma linda música

Nós a escutamos duas vezes,

Porque o DJ estava adormecido”

A vida vai acontecendo sem prévias, lotada de imprevistos, de pausas longas, de canções que nos copiam. A vida é sobre descontinuar certas coisas, certas pessoas, alguns sentimentos…Transitoriedade, assunto mais barroco e clássico não existe.

On the radio tá na trilha sonora da minha vida!

[Pra ler ouvindo Regina Spektor. Sugestão: Hero, Us, The Call, On the Radio].

2 comentários em ““This is How it works”

  1. Buongiorno carissima, também assisto filmes ‘de olho’ na trilha sonora. Foi assim que conheci Carly Simon e ela se tornou favorita na minha playlist. Não tenho spotify. Não me pergunte a razão porque eu não saberia lhe dizer. O app está no celular, mas nunca me ocorreu ativa-lo. Talvez porque goste de ter as minhas músicas favoritas da semana, do mês. Meus textos todos tem trilha sonora. Nessa semana é Bon Jovi e sua música ‘reunion’… que me acompanha. rs

    bacio e uma linda semana e que os dias últimos de maio lhe sejam muito gentis.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Lunna, não vivo sem uma música trocando atrás de mim. Gosto muito do Spotify , que comecei a usar esse ano. Gosto porque aprecio muito jazz e blues e é bem fácil achar discos inteiros por lá. Por esse mês eu tb tenho ouvido muito mesma música…e algumas têm me feito escrever aqui e acolá. Enfim…obrigada pela visita!!!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s