Barulhinho Bom · Eu vou ao cinema para ouvir o filme

Dream a little Dream of me…

Quando eu ouço Ella Fitzgerald e Louis Armstrong cantando ‘Dream a little Dream of me’, eu imagino uma daquelas mocinhas sonhadoras dos anos 20 que colecionavam vinis, adoravam música francesa e faziam a unha no chão do quarto enquanto a vida acontecia lá fora…

(Eu adoro o sorriso da Carry Mulligan nesse filme. É aquele sorriso de quem tem muitas felicidades clandestinas, pequenas satisfações. Sorriso de quem acorda cedo e toma café enquanto o sol entra pelas frestas e pousa bonito nos móveis da casa. Às vezes, se você tem os olhos castanhos, eles ficam da cor das pedras de uma cachoeira, daquelas bem bonitas no final de tarde…existe algo de cachoeira nos olhos cor de mel. É sublime)

9 comentários em “Dream a little Dream of me…

  1. A gente acha que endureceu com o tempo,com a dureza imposta pelos acontecimentos difíceis da vida.Mas, em alguns momentos, a vida dá permissão para respirarmos mais serenamente e assim sentimos a harmonia nos invadir.Percebemos que,se não temos mais totalmente a leveza que tínhamos,pelo menos sobrou alguma fagulha daquele sentimento bom de antigamente.Nosso antigamente.Aí sentimos uma felicidade tomar conta de todo o nosso ser,nossa alma sorri,percebemos que ainda somos o que éramos,nos sentimos nós de novo e seguimos em frente,com mais esperança,e com uma certeza de que,não importa o que aconteça,sempre teremos pelo menos um pouco da nossa alegria interior.

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s